F.C. FOZ - 0 x S.C.S. 08 - 1 - 24.ª Jornada
II Divisão Distrital da Associação de Futebol do Porto
15:00h, 7 de Março de 2009
Campo do Pasteleira

GR - 12 - Miguel
DD - 2 - Passos
DC - 3 - Renato
DC - 4 - Figueiredo
DE - 5 - Rochinha
MC - 6 - Monteiro (capitão)
ME - 7 - Carvalho
MD - 8 - Fernando Almeida
AC - 9 - Heitor
MC - 10 - Rui Lima
MC - 11 - Fábio

Treinador: Pedro Reis

Subs:
46' 17 - Pedro Teixeira por 11 - Fábio
74' 16 - Rúben por 7 - Carvalho
87' 18 - Alex por 9 - Heitor

Golos:
19' Heitor

Suplentes não utilizados: Igor, Almeida, Telmo, Miguel Pereira

Tarde quente para um jogo importante, com muita gente a encher o campo do Pasteleira.
O onze do Salgueiros tinha que se ajustar às disponibilidades. Passos regressou à lateral direita e Renato ao eixo da defesa. Monteiro capitaneou a equipa a trinco, com Fábio a entrar para jogar na posição intermédia do meio campo, com Rui Lima a subir para a posição ‘10’. Carvalho iniciava o jogo na ala esquerda, F. Almeida na direita e Heitor regressava ao centro. A Rúben ‘saia a fava’ e iniciava o jogo no banco, bem com Alex, titular na última jornada.
O Foz teve duas grandes oportunidades durante todo o jogo e a primeira foi logo a abrir o jogo. Num lançamento lateral uma falha de concentração permitiu ao avançado brasileiro do Foz avançar sozinho nas costas da defesa salgueirista, bastante descaído pelo lado esquerdo. Miguel optou por não sair da baliza e defendeu o remate muito bem para canto.
O Salgueiros deu o primeiro sinal de vida aos 13’, com F. Almeida a responder a um cruzamento de Carvalho com um bom remate junto à base do poste, que o guarda-redes do Foz defendeu bem para canto.
Sem estar a jogar muito bem o Salgueiros chegou à vantagem aos 19’. Após um primeiro remate o guardião faz uma defesa incompleta sobrando a bola para Heitor. Após dominar dentro da área e de recuar um pouco remata com a bola a sofrer um pequeno desvio que a enviou por cima do guarda-redes a entrar junto ao poste mais distante.
O resto da primeira parte seguia sem grande motivo de interesse. O Salgueiros falhava quase sempre no último terço, com os passes que criariam situações de golo a saírem sistematicamente longos demais, ora para fora, ora a permitirem a saída do guarda-redes.
Aos 36’ um pequeno susto com Renato a cortar de cabeça um cruzamento para canto, quando Miguel estava a sair da baliza. Um pouco ao lado e Miguel seria traído sem hipótese de defesa.
A dois minutos do final da primeira parte chegou o momento de Miguel brilhar de novo. Após uma disputa aérea entre Figueiredo e um jogador do Foz, a bola sobra a saltar para um outro jogador, perto da marca de penalti. Este tinha tudo para fuzilar e assim fez, com Miguel a ter uma estirada fabulosa e a defender a bola junto ao canto da baliza, cedendo canto.
A segunda parte trazia Pedro Teixeira de início na ala direita para o lugar de Fábio. Rui Lima recuou no meio campo e Fernando Almeida deixou a ala e passou à posição ‘10’.
O Salgueiros na segunda parte foi um pouco mais mandão e evitou que o Foz chegasse sequer perto da sua baliza.
Carvalho conseguiu um bom remate aos 55’, a que correspondeu uma boa defesa.
Aos 64’ o Salgueiros teve tudo para dilatar o marcador. Num contra ataque de 3 para 2, F. Almeida num primeiro momento transpirando inteligência, nao caiu na tentação do passe imediato evitando assim o possível fora de jogo de Heitor e conduziu ele pela direita. Depois já algo apertado, optou por um cruzamento por alto mais aberto para a entrada de Carvalho, que rematou bem para um primeira boa defesa, e recarregou para nova boa defesa. Oportunidade soberana.
Heitor esteve perto de visar aos 71’ quando Passos conseguiu arrancar um cruzamento do flanco direito em cima da linha, que saiu teleguiado para a cabeça de Heitor. Este saltou sem oposição mas a bola saiu a rasar a barra. 11 minutos depois os mesmos intervenientes e o mesmo resultado: livre na direita de Passos para cabeçada de Heitor, desta vez com a bola ainda a bater na barra.
O Foz na segunda parte só uma vez rondou a baliza de Miguel, numa jogada que não chegou a ter finalização por ter sido anulada por fora de jogo.
Em cima da hora foi Pedro Teixeira que teve a baliza à sua mercê, com o guarda-redes contrário já no chão, mas a cabeçada que tentou colocar saiu em balão e por cima da baliza.
Já em descontos um jogador do Foz salta com o braço no ar e corta a bola com a mão. Punido com o segundo amarelo, foi expulso. Fernando Almeida assumiu a marcação apesar da falha na jornada passada. Atirou bem e colocado no canto inferior direito da baliza, mas o guarda-redes defendeu exemplarmente.
Destaque ainda no jogo para a capacidade de sofrimento de Figueiredo, que cedo na segunda parte se lesionou no joelho, mas ainda assim conseguiu completar os 90 minutos, mesmo mostrando algumas dificuldades. Com mais dois defesas centrais afastados, esperamos que consiga uma rápida recuperação.
Sem ter tido grandes goleadas nem exibições exuberantes, o Salgueiros 08 consegue a 5.ª vitória consecutiva e, bem relevante também, 3 jogos sem sofrer golos (o que acontece apenas pela segunda vez na época e a 1.ª vez em três jogos com vitórias).
Um sintoma muito positivo e que se espera que represente que o tempo dos golos oferecidos aos adversários já só faz parte da história deste campeonato. Este segurança defensiva poderá ser decisiva nas 5 finais que se seguem… Sem ela as hipóteses de sucesso serão bastante menores.
O importante para esta semana está feito e segue-se um jogo decisivo, para o qual todo o apoio será pouco.
6 Respostas
  1. pereirarjr Says:

    Não sei se já foi dito aqui, mas a Rádio Clube de Matosinhos (91.0 FM ou www.rcmatosinhos.com), ao longo da tarde (15-17h) informa sobre golos marcados em muitos jogos dos distritais, incluindo a nossa divisão.


  2. Gomez_25 Says:

    Boas!
    Apesar de os resultados serem curtos (mas significam na mesma 3 pontos!) parecem lançados para o vosso objectivo, a subida!
    Parabéns pla vitória e boa sorte pa semana, num jogo que pode ser decisivo ;)

    Cumprimentos do keeper!


  3. Bruninhu Says:

    Não sei será uma pergunta idiota mas já pensaram em realizar o jogo com o Cart no estádio do Bessa ou Estádio do Mar?Seria bem mais interessante e concerteza levaria mais gente ao estádio = a mais receita.


  4. Paulo_74 Says:

    Tá confirmado,É uma pergunta idiota!!!!!!!!!!

    LOOOOOOOOL


  5. Salazar Says:

    Sem dúvida que pela minha parte, preferiria de longe ver o Salgueiros no Estádio do Mar.


  6. André Says:

    mas para "nos" é melhor no campo do senhora da hora:D


Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.


  • PRóXIMO JOGO

    SCS08 x NOGUEIRENSE
    SAB., 15 FEV. 15:00
    EST. PADROENSE



    COMENTÁRIOS

    ETIQUETAS