S.C.S. 08 - 3 x S.C. SRA. HORA - 5 : 15.ª Jornada

GR - 24 - Freitas
DD - 2 - Passos
DC - 3 - Figueiredo
DC - 4 - Monteiro (Capitão)
DE - 5 - Moreira
MC - 6 - Fábio
MC - 7 - Gonçalo
MD - 8 - Artur
AC - 9 - Heitor
MC - 10 - Diogo
ME - 11 - Carminé

Treinador: Pedro Reis

Golos:
7' Heitor
67' Fábio
77' Heitor

Subs:
40' 18 - Quim Simões por 8 - Artur
61' 16 - Pedrinho por 7 - Gonçalo

Suplentes não utilizados: Rui Alves, César, Tó-Zé, Rúben, Fernando Almeida

O ciclo de 3 jogos em 8 dias acabou da pior forma, com uma derrota ao fim de mais de 1 ano de invencibilidade.
O Salgueiros 08 partia para o jogo com o mesmo onze que utilizou das anteriores duas partidas, com Freitas conquistar a titularidade. O relvado estava pesado mas não chovia no início da partida, e portanto ainda era possível circular a bola.
O jogo não podia começar de melhor forma para o Salgueiros, tal como na última jornada a marcar na primeira oportunidade que teve com o mesmo protagonista. Foi aos 7’ que após um grande passe de Gonçalo, Heitor primeiro dividiu com o guarda-redes e depois bateu com confiança com 2 defesas a tentarem em último esforço evitar o golo inaugural.
Logo a seguir após livre de Gonçalo da esquerda Heitor quase marca rematando na passada, mas a jogada foi anulada por fora de jogo.
Aos 11’ começaram os problemas na defesa salgueirista, com muita passividade na zona central com muitos jogadores parados a reclamar falta, sendo o golo evitado por uma grande defesa de Freitas a fazer a mancha na perfeição. 4’ depois, sem tempo nenhum para gozar a vantagem no marcador, após um primeiro alívio de Figueiredo e de 4 ou 5 tentativas de aliviar a bola e fazer cortes no centro do terreno, a equipa desorganizou-se totalmente e um passe de ruptura consegue colocar um avançado do Sra. da hora a entrar bem no centro da defesa salgueirista, colocando junto ao poste para o golo do empate.
Com o Salgueiros a mostrar alguma passividade não tardou a ser fortemente penalizado por isso aos 18’. Numa bola colocada longa no flanco direito da defesa salgueirista com Monteiro na cobertura, o avançado domina a bola de forma imperfeita mas deixando Monteiro fora do lance, com a bola com muita felicidade a sobrar para outro jogador que surgiu na área e marcou o 1x2.
Aos 20’ o árbitro perdoa o segundo amarelo merecido ao central do Sra. da Hora, após Heitor lhe passar a bola por cima. Seria amarelo sem margem para dúvidas dado o perigo do lance e de se tratar do último defesa.
Logo a seguir a única outra semi-oportunidade para o Salgueiros, com Carminé a ganhar espaço da direita ultrapassando um adversário, mas como é hábito estando no flanco oposto ao seu pé mais favorável, cruzou de forma a permitir a intercepção do guarda-redes opositor, com Heitor sozinho em condições de finalizar na pequena área.
O jogo seguiu até ao final da segunda parte com 2 contra ataques perigosos para o Sra. da Hora, ambos a porem de novo em evidência as dificuldades defensivas do Salgueiros, um deles evitado por uma boa saída de carrinho de Freitas fora da área.
No Salgueiros só outro lance que poderia dar perigo na 1.ª parte com Gonçalo a responder a um cruzamento pouco tenso com uma cabeçada sem perigo, quando poderia ter tentado dominar a bola de peito.
Entretanto Pedro Reis a 5’ do intervalo tirava Artur e metia Quim Simões ao lado de Heitor, com Carminé à esquerda e Diogo a passar para o flanco direito.
Ao intervalo o balanço era um jogo em que o Sra. da Hora ganhou a maioria das bolas divididas e bastante mais adaptado ao estado pesado do relvado, com os salgueiristas muitas vezes a escorregarem, com enormes dificuldades de tracção. Destaque também para o alto grau de eficácia dos ataques rápidos do Sra. da Hora, que em poucos toques conseguiam colocar jogadores ‘na cara’ de Freitas. Nas muitas bolas paradas de que o Salgueiros dispôs a ineficácia foi quase absoluta com quase todas as bolas batidas directas ao guarda-redes.
Pouco depois do intervalo chega a melhor jogada colectiva do Salgueiros, com a bola a sair do centro para a esquerda, voltando depois ao flanco direito, onde Passos faz um remate na passada por cima, numa jogada em que quase todos os médios e avançados do Salgueiros tiveram participação. Nesta altura já a chuva caía forte no campo do Padroense.
Seguiu-se o descalabro do Salgueiros. O 1x3 aos 49’, numa falha colectiva do meio campo e centro da defesa salgueirista, que em inferioridade numérica cobriu os jogadores das alas e deixou livre o jogador em posição central, que na cara de Freitas marcou com calma. Aos 54’ após Carminé perder a bola à saída de área, um remate de pronto e de belo efeito surpreendeu Freitas, com a bola a entrar junto à base do poste. E antes ainda de qualquer reacção do Salgueiros, num livre no flanco esquerdo, com desvio dentro da área é de novo o Sra. da Hora que está perto de marcar.
Aos 60’ saiu Gonçalo para a entrada de Pedrinho, com o Salgueiros a tentar lançar-se na recuperação, com muito coração mas pouca organização, à medida que tinha que lutar contra um campo cada vez mais impraticável e o início das perdas de tempo do Sra. da Hora.
Com muito jogo directo a provocar muitos cantos a recompensa chegou aos 67’, com Pedrinho a dividir de cabeça e a tocar para Fábio, que de costas para a baliza deu um toque em jeito que iludiu os 3 defesas em cima da linha de golo, fazendo o 2x4. Nesta altura a chuva já tinha sido substituída por um autêntico dilúvio, que tornou o jogo a partir daqui numa espécie de luta nas poças.
Não tardou muito que a pressão do Salgueiros surtisse efeito de novo, num segundo livre em posição idêntica no flanco direito, batido por Carminé para a área, com Monteiro a desviar para a baliza de cabeça sendo o lance anulado por fora de jogo, aparentemente não existente.
Infelizmente esta não era uma tarde de felicidade e 2’ depois aos 72’ o Sra. da Hora marcou de novo, num lance aos repelões com a boa a prender nos momentos certos para o avançado do Sra. da Hora, que conseguiu ultrapassar Moreira e fazer o 2x5, numa altura que só dava Salgueiros que já arriscava muito em termos posicionais para ir atrás do empate.
O jogo tornou-se nervoso e com algumas picardias, com o relvado alagado a proporcionar imensos choques, e com os salgueiristas naturalmente progressivamente nervosos com o aproximar do final do jogo e o avolumar das perdas de tempo do adversário.
Mas o Salgueiros não se deu por vencido como tem sido hábito este ano e de novo por canto conseguiu marcar, num lance em que Monteiro toca primeiro de cabeça, e depois de Pedrinho dividir com um defesa, Heitor remata para primeira corte com o peito de um defesa já em cima da linha, confirmando o golo a seguir. Os jogadores do Sra. da Hora protestaram falta sobre o guarda-redes mas sem razão, dado este falhar a defesa à cabeçada inicial de Monteiro por ambos os pés lhe escorregaram para dentro da baliza no momento que tentava socar.
Seguiram-se alguns ataques do Salgueiros, como um remate de perigo de Carminé aos 78’, uma tentativa de chapéu de Quim Simões aos 81’ em grande posição para finalizar, um livre directo de Heitor aos 84’ e finalmente uma bola dividida entre Quim Simões e o guarda-redes já em período de descontos. Tudo isto já num período que até para jogo directo iam faltando forças, num terreno que exigiu um esforço físico imenso. O Sra. da Hora antes do finalzinho ainda faz um remate à barra após mais um escorregão de Moreira no flanco esquerdo.
No final uma vitória absolutamente merecida para quem soube ganhar vantagem e aproveitar as oportunidades de que dispôs enquanto o terreno ainda estava em condições minimamente aceitáveis, e foi também sempre mais incisivo e agressivo nas disputas de bola e perfeito nos ataques rápidos.
Para o Salgueiros sobra algum desconsolo de perder a invencibilidade duradoura desta forma, com falhas no processo defensivo difíceis de aceitar.
Agora é hora de reagrupar forças, unir fileiras e preparar tudo para recuperar a 1.ª posição já na próxima jornada. Os campeões não são aqueles que não perdem, mas sim os que melhor sabem reagir às derrotas... E não foi por acaso que a equipa perdeu e saiu sobre uma salva de palmas de SALGUEIRISTAS.
FORÇA SALGUEIROS!
28 Respostas
  1. camapaco Says:

    uma derrota é uma derrota. Há que saber lidar com este pequeno desvio e é nesta hora que os salgueiristas não podem pôr em causa o trabalho de que esteve um ano, repito, um ano sem saber o quera perder. Um abraço ao Pedro Reis, outro abraço a toda a equipa técnica e um forte abraço aos jogadores do Salgueiros da nossa ALMA


  2. damas73 Says:

    perdemos.
    nao é o fim do mundo,tambem nao gostei do rendimento da equipa penso que se deslumbrou com o golo inicial do heitor,mas nao é para esquecer mas sim para fazermos a analise e ver o que esteve mal e corrigir para nao acontecer em jogos futuros.
    temos no domingo um jogo que nos vai colocar no primeiro lugar e nao podemos faltar so porque perdemos hoje senao quando estavamos na 1ª divisao perdiamos muito mais vezes e os salgueiristas numca desistiram.
    nao podemos faltar no domingo em lavra
    FORÇA SALGUEIROS
    POR TI ATE AO FIM DO MUNDO
    scs08-247


  3. Dave Says:

    Só gostava de saber porque não houve a 3ª substituição?
    Será que alguém me pode explicar.... Os jogadores que estavam a jogar estavam todos a jogar bem??? Nenhum deles se sentia cansado???? Os jogadores suplentes estavam doentes?? Lesionados??? Não trariam nada de novo, nem uma nova atitude??? Não iam reforçar fisicamente a equipa??
    Desculpem, mas eu compreendo que o futebol amador tem outras nuances e não critíco por termos perdido, perder faz parte do jogo e felizmente é raro na nossa equipa, mas simplesmente não consigo perceber... Até podia fazer as três substituições e perdermos por mais... Mas não fazer a substituição é algo que acho pouco natural.
    Esta seria a pergunta que faria numa possível flash interview ao nosso treinador "Depois da entrada de Pedrinho aos 61m e faltando mais de 30 minutos de jogo, com o resultado em 1-4, porque não refrescou a equipa na procura de reduzir o resultado?”
    Gostava saudavelmente de ouvir as vossas opiniões.


  4. Francamente é algo q tb n consigo compreender. Tb n compreendo a passividade total do treinador, a incapacidade de ler o jogo e alterar o tipo de jogo qdo é preciso, nem uma palavra se ouviu para dentro do campo. P ex, o guarda-redes deles era muito inseguro, remates e centros para a área? Quase inexistentes. O campo estava empapado e a bola ficava presa quase sempre, recomendar lançar a bola para os nosso rápidos alas de forma directa e não brincar na defesa? Qual quê. O Diogo Preto e o Gonçalo com rendimento zero, alterar o jogo ou substituí-los por alguém melhor nesse dia? Deves estar a brincar. A equipa está a perder por 3, arriscar, tirando um defesa (quase nem precisavamos de defesas, o campo estava tão impraticável que qualquer contra-ataque de bola controlada era impossível) e arriscar marcar mais golos? Nã, toca a defender o grande resultado. Não posso defender o nosso treinador, em particular hoje... e nunca meter o Tozé a jogar, depois querem q ele renda qdo for preciso. Uma vergonha, e contra uma equipa que enfim, não tem palavras. Perder é normal, não é normal o que se passou hoje. Cinco golos contra uma equipa que não ganha a ninguém!


  5. O argumento da juventude da equipa, já me parece estafado. Após o início inconstante, todos reconhecemos qualidade e consistência no último mês. E, por uma questão de honestidade devíamos reconhecer mérito a quem insistiu nos jovens, apesar da contestação nas suas costas.

    Depois há quem queira a equipa cheia de "ratazanas dos distritais". Pelo que vi até agora, há 16 equipas de jogadores com experiência de pontapé para o ar e para a frente na nossa divisão. 15 estão atrás de nós...

    Claro que também há jogadores que juntam experiência e qualidade técnica. Estão em divisões superiores e recebem ao fim do mês.
    E posso acrescentar os nomes Sport Progresso e Atlético de Valdevez como "equipas da semana".
    Sem teimarmos nos jovens da casa, num projecto com continuidade, nunca sairemos de um eterno sobe-e-desce na distrital

    Sobre o jogo de hoje, não podemos passar jornadas a chamar nomes ao treinador por não meter o Monteiro e o Figueiredo no centro da defesa, e, quando estabilizada esta dupla, os erros voltam a acontecer (como foi hoje o caso ), continuar a chamar nomes ao treinador.
    Também não percebi a sucessão de erros no eixo da defesa, sobretudo na 1ª parte, com o campo anda praticável. o menor rendimento do Gonçalo, na recuperação de bolas, também pode ter fragilizado o sector...

    Também me interrogo se o Tozé, um jogador que remata com facilidade de fora da área não teria ajudado num dia como o de hoje, mas não acho que tenha de caras lugar no 11.
    Em relação ao "jogo directo para os alas", acho que essa opção, como qualquer outra ficou fora de questão quando os alas começaram a correr mais que a bola.
    Sobre as outras opções no banco, também não as utilizaria com o campo naquele estado.

    PS - Como em Vila Chã, depois do frustrante 0-0 com o Cart:
    Todos à Lavra!


  6. 'JorgeVieira Says:

    Há uma coisa que eu não entendo: porquê jogar em casa contra uma equipa que está mal na tabela classificativa com dois trincos imóveis??? Se se soltasse um dos trincos e se encostasse um jogador ao Heitor, o Salgueiros não ganharia maior pendor ofensivo? Já não falo da exclusão do Tó-zé, mas pelo menos incluam outro avançado nas costas ou ao lado do ponta-de-lança, POR FAVOR!!!!


  7. Carlos Fernandes - 2296/257


  8. boa noite nao vou tar aki a criticar o pedro reis essas criticas vou guardalas para mim so venho aki dizer k o SALGUEIROS estar 372 sem conhecer o sabor da derrota faz-me cada dia k passa ser mais SALGUEIRISTA e sempre k puder estarei la a apoiar os k jogam os k ficam no banco e os k ficam de fora por vezes nao concordo com as opcoes do mister mas guardo para mim desde a algumas semanas as criticas.
    no domingo vou fazer os possiveis e impossiveis para me deslocar a lavra se me for possivel faltar de novo ao trabalho e peço a todos k apoiem os 90m os jogadores k estiverem dentro do campo mesmo nao concordando.

    SALGUEIROS SERAS SEMPRE A NOSSA PAIXAO

    henrique costa


  9. LMM Says:
    Este comentário foi removido pelo autor.

  10. LMM Says:

    Começo a pensar que não vamos ter plantel suficiente para tantas variantes tácticas vindas da bancada. Um plantel de 25 unidades para centenas de esquemas tácticos diferentes!

    Temos que vencer os adversários, a mediocridade da arbitragem e, agora também, o nosso próprio negativismo. Que fará se não estivessemos nos lugares de luta pelo título!

    Neste momento estou preocupado. Preocupa-me é o facto de o clube não estar a ser discutido (situação económica-financeira; património; futuro), de caso estes dirigentes sairem não haver alternativas, e de haver um decréscimo de pessoas a assistir aos nossos jogos. O factor surpresa de ver o regresso do Salgueiros acabou e parece-me que os próprios Salgueirstas andam arredios. Será o custo dos bilhetes? o tempo? Cada um de nós tem que fazer um esforço para trazer consigo mais pessoas a ver os jogos, só assim poderemos ser cada vez mais fortes!

    Luis Miguel Mota
    SCS:nº409 SCS08:nº42

    P.S.: o próximo jogo é a 13 ou a 20 de Dezembro? No site zerozero vem que os jogos se realizam a 20 de Dezembro.


  11. HEITOR Says:

    Talvez esta não seja a melhor altura para pedir compreensão e apoio para o embate que se aproxima e todos os outros que ainda temos pela frente, mas como sei que os SALGUEIRISTAS são pessoas abituadas a sofrer e nunca abandonar o "barco a meio" sinto-me no direito de o fazer. Este campeonato tal como o do ano passado vai ser uma luta até ao fim e se bem me lembro por esta altura até estavamos bem pior. Já uma vez aqui disse que todos têm direito a opinar e cada um fazer a sua equipa mas a coisa que mais me tem feito confusão é que muitas vezes me parece ser mais importante as escolhas que o Técnico faz que o próprio CLUBE!
    Estamos em 2º Lugar a 1ponto do 1º, clube esse que vamos defrontar já no próximo domingo e na minha opinião, apesar deste acidente de percurso que tivemos ontem, apartir de hoje já era preciso estar a organizar uma gigantesca enchente para o jogo com o Lavrense. Mas isto ano passado era normal e estavamos num lugar bem mais complicado. É por isso importante pensarmos todos que o Salgueiros é o que nos UNE, e que com uma vitória no próximo jogo voltamos para o lugar que QUEREMOS TODOS! Jogue quem jogar o SALGUEIROS ESTÁ SEMPRE EM 1º!!!
    Venham por favor apoiar a nossa equipa em Lavra!
    Abraços a todos e venham comprovar no Domingo que o que aconteceu ontem foi apenas um deslize.
    Heitor


  12. Boa tarde a todos,

    Não tenho opinado muito neste nosso meio de comunicação, pois sinto que por vezes fala-se demais. Depois de umas semanas tranquilas, pois as vitórias aconteciam com menor ou maior dificuldade, após o desaire de ontem, e como as vozes da desunião voltaram a dar que falar. E sinto-me na necessidade de escrever.

    A equipa está em 2º lugar a 1 ponto do 1º e tem TUDO para ganhar o próximo jogo e voltarmos a estarmos no nosso objectivo que é a subida. Já o ano passado fomos castigados pelo mau tempo e a equipa soube reagir dentro do campo. Para os que não se recordam, após a goleada de Rio Tinto, recebemos o Vila Chã e dobramos o placard, "espatando" 8-0 ao adversário.

    Não sei, pois não tenho nenhuma bola de cristal, se vamos ganhar, perder ou empatar, mas uma coisa estou certo, vou lá estar para apoiar a nossa equipa, que sei TUDO fará para corresponder no campo com os incentivos que virão da bancada.

    Para o Heitor, dizer-lhe que não se precisa de pedir compreensão. Quem vive o Salgueiros de forma realmente apaixonda, sabe que os adeptos corresponderão em grande numero ao apelo aqui lançado. Pelo menos a ALMA SALGUEIRISTA, poir quem posso seguramente falar, tudo fará para estar presente em grande número e apoiar INCONDICIONALMENTE a equipa. Ainda ontem, e mesmo a perder, foi possível ouvir-se o apoio, leve mas sentido vindo da bancada. Seguramente que se o golo que dava o 3-4 não fosse anulado, hoje estariamos a falar de uma reviravolta histórica!

    No domingo, lá estarei a cantar, como o poeta dizia, até que a voz me doa!

    Saudaçoes Salgueiristas,

    André Machado - Pulga
    ALMA SALGUEIRISTA


  13. Boa tarde

    Tenho evitado fazer aqui novos comentários,mas como com a derrota chegaram os abutres,nota-se mesmo que estavam à espera do primeiro desaire para atacar,se têm problemas pessoais com alguém resolvam-nos,mas deixem a equipa em PAZ.

    O que é que querem? Não estamos na luta?
    Com a visita ao Lavrense cumpre-se o ciclo de jogarmos fora contra todas as equipas que estão lá em cima.

    Em minha opinião a haver uma derrota veio na altura certa,na véspera da visita ao Lavrense, esta derrota vai funcionar como catalisador para este jogo e vamos lá esmaga-los,provar quem manda e quem é melhor, isto claro para quem acredita e está com a equipa,os outros que se deixem estar em casa à espera do resultado para depois criticarem.

    Cumprimentos Francisco Leite
    Sócio dos 2 clubes


  14. Este comentário foi removido pelo autor.

  15. EXCEPCIONALMENTE:

    Já hoje estive para enviar uma mensagem estilo descasca pessegueiro, há quem não goste do meu estilo, pelos vistos há outros mais inóquos, mas desisti.

    Por mim, eu ARTUR GONÇALVES, não voltaria aqui a escrever uma única palavra... mas no interesse SUPERIOR do meu CLUBE e dado o comportamento verbal pouco abonatório de certos cavalheiros, e pelo momento importantisssimo que o nosso clube está a passar : quem tenha olhos que veja, vejo-me obrigado a deixar aqui algumas reflexões.

    Se o Heitor que aqui comentou é o Heitor que eu penso, louvo a sua atitude. Um dos pontos que tencionava referir na mensagem acabei por não enviar, era pedir desculpas à equipa (os que jogaram e os que não jogaram), aos técnicos e à directoria pela forma como foram tratadas, quer no campo quer aqui no blogue do Senhor Luís Gomes, por algumas pessoas: NÃO MERECEM!

    Muitos salgueiristas não se revêem nessas retóricas

    cito, sócio J.A.G. - SCS nº. 82 e SCS08 Nº 12

    Uns quantos artistas tiveram ( em nome da liberdade de expressão, de critica, blá, blá, blá..) a veleidade, de forma " aveludada e educada, polida..." de referirem-se a pessoas que estão à frente da equipa de forma pouco cordial, pouco consentânea com a maneira de estar dos verdadeiros Salgueiristas. Ninguém maltrata a família em público!

    O que me move é apenas os SCS, não tenho projectos individuais, e esta é a minha declaração de intenção.

    Quanto ao resto, mesmo sem o apelo anterior, estaria e estarei com os MEUS RAPAZES, em Lavra,
    nem que chovam pedras.

    Só mais um apelo aos ofendidos:

    NÃO NOS MANDEM DAR BANHO AO CÃO, POR FAVOR, O SALGUEIROS PRECISA DE VÓS.

    SALGUEIROS ATÉ à VITORIA FINAL

    Artur Gonçalves
    SCS 4227 (?)
    SCS08 179

    (COM QUOTAS SEMPRE EM DIA)


  16. The_Val Says:

    Caros Salgueiristas

    Não fui ver o jogo e, por esse mesmo motivo, abstenho-me de comentar o que se passou na relva.

    Queria, no entanto ressalvar aqui uma coisa que me parece importante:

    Nos maus momentos, temos é de nos unir!

    Sou dos que não concorda com muitas das escolhas tácticas do Pedro e até discordo abertamente de algumas coisas relativas à gestão e organização do clube. Já o manifestei aqui, por mais de uma vez.

    No entanto, gosto de criticar o que acho criticável, quando as coisas estão bem, de forma a evitar que as coisas venham a estar mal e não o contrário.

    Neste momento, após esta pesada e inesperada derrota, as críticas fortes que li aqui servirão mais para prejudicar a equipa do que para a ajudar.

    Somos todos salgueiristas. Vamo-nos unir de forma a puxar a equipa para cima. Não há salgueiristas de segunda nem há graus de salgueirismo, logo, todos são importantes.

    Valdemar de Oliveira
    Sócio SCS 1524



  17. Magalhães Says:

    AMAR O "SALGUEIROS"

    Chamo-me Fernando Manuel Ribeiro Magalhães e sou Salgueirista; ser do Salgueiros está no meu Sangue, faz parte da minha pessoa, entra-me na ALMA, é um sentimento que estará comigo até ao dia da minha morte.
    Tenho 42 anos; por este nome "Salgueiros" já chorei muitas vezes de alegria, mas também já chorei de tristeza.
    No entanto, este sentimento de Amor está cada dentro do meu coração e sempre, mesmo sempre estarei ao lado do meu clube e com aqueles que como eu amam o Salgueiros.
    No próximo domingo lá estarei em Lavra, e se perdermos, no domingo a seguir lá estarei a apoiar o nosso Salgueiros.
    Sei que existem homens e mulheres que pensam e sentem o clube como eu, para esses peço que apoiem, peço que coloquem o nosso sentimento para dentro do campo de forma é equipa se motivar e engrandecer para vencer o jogo.
    Quero aqui deixar um GRANDE ABRAÇO ao Heitor; um homem que sente o clube de todas as formas, um homem que tem um imenso orgulho em representar este nome "Salgueiros", um homem que acima de tudo é SALGUEIRISTA e como nôs tudo fará por este clube.
    Um dia recordaremos os grandes jogadores do Salgueiros; como o Tonanha, o Jorginho, O Nicolik, etc, e tu Heitor farás parte desse lote.
    Despeço-me cheiro de amor e carinho pelo nosso clube, abraçando todos os homens que como eu AMAM este clube.
    Bem Ajam


  18. http://apoiaportugal.blogspot.com/


    Boaa Sorte Salgueiros!


  19. boas axo k akilo k o heitor bem aki pedir era desnecessario todos k se prezem ser SALGUEIRISTAS de ALMA e CORACAO vao apoiar o SALGUEIROS.
    e como ja aki disse se tudo me correr bem e puser alguem a fazer o meu horario la estarei em lavra pois agora mais do k nunca o SALGUEIROS precisa de mim,de ti,dele e de todos nos vamos-nos deixar de parvoices e apoiar agora mais do k nunca.

    P.S. fica aki a promessa k se for a lavra vou puxar pelo nosso SALGUEIROS do inicio ao fim e so vos peço k me acompanhem para nao ser um tolo sozinho aos berros no meio da bancada conto com todos voces.

    abraços SALGUEIRISTAS

    SALGUEIROS SERAS SEMPRE A NOSSA PAIXAO


  20. Mais do que as palavras, as acções. Vou estar em Lavra como estou sempre em todos os jogos do Salgueiros, quer ganhe tudo, quer perca tudo. Acho que não é essa a verdadeira questão que tem levado as pessoas a insurgirem-se. E acho muito bom que as pessoas cuspam raiva e sangue, quem não sente não é filho de boa gente. Não expressar o que nos vai no peito é no mínimo covardia. E ser Salgueirista é isso, amar, sofrer e acima de tudo lutar sempre. Ninguém duvida dos Salgueiros, ninguém duvida da equipa, as pessoas insurgem-se precisamente porque sabem o que são e o que têm. Se n valesse a pena, ficava tudo caladinho... Salgueiros até ao fim, todos a Lavra!


  21. Nelgo Says:

    Acho que o estádio do Lavrense vai ser pequeno para tanta gente.

    Força SALGUEIROS


  22. Salgueirista Says:

    Boa noite:
    O jogo de Domingo não foi de facto um jogo bonito.
    Penso que,se o estado do relvado fosse outro , o resultado tambem seria outro.
    Mas enfim esse jogo ja passou ,e para mim nem sequer existiu(ja o apaguei da minha memoria).
    Peço aqui a todos aqueles salgueiristas(falsos)que continuam com aquele espirito do deita abaixo ,o favor de não irem a Lavra ,nem a mais nenhum jogo,pois deste espirito o SALGUEIROS não precisa.E muito triste um SALGUEIRISTA(VERDADEIRO)estar um jogo todo a ouvir estes parasitas(O Pedro não vale nada,a culpa e do Pedro,o Pedro havia de ir com as troxas etc..etc..)JA CHEGA.
    Se Deus quiser la estarei em Lavra a puxar pelo meu SALGUEIROS.
    Peço a todos os SALGUEIRISTAS que apoiem a nossa equipa,eles precisam de nós mais que nunca.

    Um grande abraço a todos os VERDADEIROS SALGUEIRISTAS.
    Helder


  23. KODIAK Says:

    ja começa a ser dificil ver um jogo do Salgueiros sem me chatear. Digo isto nao por causa dos jogadores ou do jogo propriamente dito mas por causa dos "parasitas" velhos do restelo que ´e so deita abaixo...
    Porque nao entra o "quimoes" (deve ser abreviatura), porque nao sai o preto, porque nao entra o toze, porque nao sai o que entrou...enfim..ja mete nojo!
    Eu que gosto de estar junto da claque, nestes ultimos jogos fujo para locais recatados...
    Peço a essas pessoas o que o Queiroz pediu a certa altura: FIQUEM EM CASA QUE NAO FAZEM FALTA NENHUMA!


  24. Paulo Sá Says:

    "Talvez esta não seja a melhor altura para pedir compreensão..."
    COMPREENSÃO os "tomates",HEITOR,vocês não têm de pedir este tipo acções,para mim SÃO UNS HEROIS, UNS SENHORES COM LETRAS GARRAFÃES, pois sem o vosso esforço,dedicação e muito trabalho, nós futebol nem vê-lo.
    Ainda falta muito campeonato e concerteza vocês vão dar sempre o melhor pelo nosso clube.
    FORÇA CAMPEÕES FORÇA ALMA FORÇA SALGUEIROS.


  25. KODIAK Says:

    So mais um apontamento: A equipa nao pode jogar com os atancantes todos...na opiniao de alguns, no jogo do senhora da hora jogava heitor, preto, toze, quim simoes e mais alguns de circunstancia..
    Parece-me a mim que alguns Salgueiristas em casa nao mandam nada e vao pro estadio expular as frustacoes da semana...Nao se calem....APOIEM A EQUIPA!
    A equipa levou com 5 golos porque queria ganhar...ate podia ter perdido por mais..mas a atitude ´e certa!


  26. José Pedro Says:

    Que o Salgueiros ganhe queremos todos, pois somos todos Salgueiristas. Apoiar o Salgueiros vamos todos, pois é a nossa forma de mostrar que amamos o nosso clube.
    O que não podemos é enterrar a cabeça na areia e fazer de conta que está tudo bem.
    Se queremos o melhor para o nosso clube e se queremos subir há que fazer algo para isso e não correr ao sabor do vento que logo se verá.
    Está mais do que na altura de mudar de treinador, até para bem do Salgueirista que é o Pedro.
    Domingo lá estarei! Força Salgueiros!!!


  27. A indignação de muitos salgueiristas no jogo de domingo, tem mais a ver com a forma como fomos derrotados, do que própriamente com a derrota.
    O jogo não foi devidamente preparado, pois não teve em consideração o estado de terreno e as condições climatéricas em que o mesmo ia dcorrer.
    Fizeram parte da equipa titular jogadores que não têm características para este tipo de terreno.
    Daqui resultou que o Salgueiros jogou quase toda a primeira parte com oito jogadores e quase toda a segunda parte com nove jogadores.
    Esta situação criou profundos desiquilibrios na equipa,que teve como consequencia sofrermos cinco golos, que até poderiam ter sido mais.
    Este facto leva a que os jogadores mais activos da equipa "estourem físicamente, porque oito ou nove jogadores estão a fazer o esforço de onze jogadores.
    Não se entende porque é que não se esgotam as substituições, com jogadores "todo o terreno", que estavam no banco, quando tinhamos dentro do campo jogadores já fisicamente debilitados.
    Perante isto o que esteve em causa não foi a derrota, mas sim a forma como estratégicamente se preparou este jogo e como durante o mesmo nada se fez para alterar e ajudar os nossos atletas a ter argumentos para vencer o jogo.
    Ora os treinadores servem mesmo para ter boas atitudes de estratégia e leitura de jogo, o que no último domingo nada disto aconteceu.
    Eu também fui daqueles que no fim do jogo aplaudiu a equipa, o que sempre fiz ao longo de dezenas de anos que acompanho o Salgueiros e no próximo Domingo lá estarei em Lavra para aplaudir os nossos atletas, independentemente do resultado do jogo.
    Nota : Se pretendemos fazer algo pela projecção dos nossos jovens atletas, temos também que ter a obrigação e a capacidade de os saber proteger,o que não aconteceu no jogo de Domingo passado.
    SALGUEIRISTA NASCE-SE


Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.


  • PRóXIMO JOGO

    SCS08 x NOGUEIRENSE
    SAB., 15 FEV. 15:00
    EST. PADROENSE



    COMENTÁRIOS

    ETIQUETAS